boletim

o meio é a massagem

Arquivo para notícia

Independência dos indígenas Lakota é declarada através de saída unilateral de todos os acordos e tratados com os eua

Os representantes dos índios Lakota Sioux declararam status de nação soberana na quarta-feira, 19 de Dezembro em Washington D.C, seguindo com a retirada de todos os tratados anteriormente assinados com o governo dos Estados Unidos. A retirada, entregue a mão a Daniel Turner, Deputado Diretor de Relações Públicas do Departamento do Estado, acaba imediatamente e irrevogavelmente com todos os acordos entre a Nação Indígena Lakota Sioux e o Governo dos Estados Unidos, firmados nos tratados de 1851 e 1868 em Fort Laramie, Wyoming.

“Esse é um dia histórico para o povo Lakota”, declarou Russell Means, Itacan de Lakota. “O domínio colonial dos Estados Unidos chegou ao fim”.

“Hoje é um dia histórico e nossos bisavós falam através de nós. Nossos bisavós fizeram tratados de boa fé com o sagrado Canupa e com o conhecimento do Grande Espírito”, compartilhou Garry Rowland do Wounded Knee. “Eles nunca honraram os tratados, essa é a razão para nós estarmos aqui hoje.”

http://www.republicoflakotah.com/

Um novo edital do cultura digital tenta mostrar relação com o CMI

O ultimo edital do cultura digital cita o nome do Centro de Mídia Independente.

Edital em pdf –

Trecho do edital.

A proposta é que os Pontões continuem a desenvolver discussões e atividades nesse sentido, com ênfase especial aos ambientes que são desenvolvidos com apoio da ação Cultura Digital: Estúdio Livre, Converse,
Mapsys e Observatorio de Cultura Digital. Além disso, e importante que sejam enfatizadas também as possibilidades de articulação com outras redes relacionadas, tais como comunidades de desenvolvimento de softwares livres, grupos de usuários de GNU/Linux,grupos de Projeto Software Livre regionais, Overmundo, Rede de Economia Solidaria, Fórum Virtual Mundial, Centro de Mídia Independente, Rádios e TVs Livres. (retirado do arquivo em pdf disponível no link – http://www.cultura.gov.br/upload/Plano_basico_de_acao_pontoes_digital_1183735594.pdf

O projeto do governo, ligado ao MINC, na falta de um discurso amplo, consistente e coerente com suas ações, afirma promover o uso do software livre e ações de inclusão digital como uma forma de atrair interessados.

Esse mesmo governo que tenta relacionar o Centro de Mídia Independente, rádios e tvs livres com seu projeto institucional, continua perseguindo e fechando rádios livres e contribuindo para o monopólio dos meios comerciais de comunicação. Lembram-se como foi a escolha do padrão de tv digital?

Desta vez as simples citações no seu próprio edital nos mostra mais uma vez, a tentativa do governo de cooptar e se promover as custas do prestígio e do trabalho de meios completamente autônomos da via governamental.

 

fonte:

http://midiaindependente.org/pt/blue/2007/08/391193.shtml